Coletiva com Richard “RMS” Stallman

Estive em uma coletiva com o RMS promovida pela FSFLA para aproveitar a passagem dele por São Paulo antes do ENSOL.

Inclusão Digital

Ele criticou os projetos que usam o Windows (que julga ser “mau”), ignorando que a Microsoft patrocina muitos deles, como o CDI, que já está em 9 países além do Brasil.

Quando perguntei se o Windows poderia ser necessário para trabalhar, ele respondeu que “seria assumir que as coisas não vão dar certo”.

Corporações

Ele reclamou que “os governos servem seus mestres corporativos” sem muitos argumentos, ele poderia começar assistindo The Corporation.

Além disso, acusou a OMC de corrupção de novo.

Obama

Ele não entendeu a decisão do Obama para prisões por tempo indeterminado, que eu acho que foi bem justificada.

Software Livre vs. Ambientalismo

Comparando ambientalistas e ativistas de software livre, ele disse que “ao invés de defenderem direitos, os ambientalistas restringem o nosso direito de destruirmos o planeta”, em um breve momento de brilho.

Mashups

Ele confirmou seu apoio à cultura de remixagem, sobre a qual mencionei o Remix: Making Art and Commerce Thrive in the Hybrid Economy.

Software Livre vs. Música Livre

Quando perguntei por quê o software livre avança mais rápido do que a música livre, ele respondeu que a música proprietária não pode ser substituída, no meu momento preferido.

Creative Commons

Como esperado, ele gosta do trabalho da Creative Commons, presidida pelo Lawrence Lessig, que já foi do conselho da FSF.

Educação

Talvez por ser autista, como sugerido em Free as in Freedom: Richard Stallman’s Crusade for Free Software, ele é muito rude, para dizer o mínimo.

Termos

Como avisado, ele atacou todo mundo que usou “Linux” e “código aberto” ao invés de “GNU/Linux” e “livre”, inclusive eu.

De maneira geral, ele não melhorou o discurso de sempre, até porque teria que trabalhar com outras pessoas para fazê-lo. Para trás, ficam a GPL e o GNU.

Se você quiser ouvir estrangeiros sobre software livre ou de código aberto, sugiro Chris AndersonClay Shirky e Paul Graham, além do próprio Lawrence Lessig, cujo trabalho recente é muito bom.

http://en.wikipedia.org/wiki/Richard_stallman

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s